Skip to content

Agendamento de Passaporte: Como agendar, reagendar ou cancelar.

Aprenda como fazer o agendamento do passaporte
Agendamento de Passaporte: Como agendar, reagendar ou cancelar.
5 (100%) 5 votes

Realizar o agendamento do passaporte é uma tarefa fundamental para emissão do passaporte.

É nesta sessão do comotiraropassaportebrasileiro.com que você aprenderá a maneira mais fácil e rápida de agendar o seu atendimento. Também vamos explicar como reagendar, cancelar e consultar um atendimento que foi marcado anteriormente.

Fazer o agendamento do passaporte na Polícia Federal é, na verdade, uma tarefa bastante simples.

Desde que já tenha reunido toda a documentação necessária, preenchido o formulário de solicitação depassaporte e pago o valor da GRU, você poderá de realizar o agendamento do passaporte.

Como fazer o agendamento de passaporte

  1. Entre na página do formulário on-line da Polícia Federal.
  2. Clique no menu “Agendamento de atendimento”.
  3. Clique no sub-menu “agendar”.
  4. Selecione a quantidade de solicitações que deseja agendar.
  5. Clique no botão “prosseguir”.
  6. Preencha os campos solicitados.
  7. Clique no botão “prosseguir”.
  8. Selecione o protocolo cuja GRU associada esteja paga.
  9. Clique no botão “prosseguir”.
  10. Escolha o posto de emissão, dia e hora e finalize o agendamento.

Procedimento detalhado para o agendamento do passaporte

Primeiro de tudo, entre na página do SINPA.

Uma vez dentro da página, clique no item do menu “Agendamento de atendimento”.

Ato seguido, clique no item “agendar”.

Agendar o passporte na pdf policia federal

Verá na tela a seguinte imagem:

onde tirar passaporte

Para poder continuar com o processo de agendamento de passaporte, o sistema terá que detectar que a GRU já foi compensada.

Caso contrario você verá a seguinte mensagem de erro:

renovação passaporte

Esta indica que o pagamento ainda não foi confirmado.

Entretanto, caso o sistema detecte o pagamento, poderá selecionar a quantidade de solicitações que deseja agendar.

pf agendamento passaporte

Na imagem acima, selecionamos como exemplo o agendamento para uma pessoa.

Continue e clique no botão “prosseguir”.

Na tela seguinte, você terá que preencher os campos solicitados.

Campos que deverão ser preenchidos para o agendamento de passaporte

  • CPF – Preencher com o número do CPF.
  • Nº de Protocolo – Preencher com o número solicitado.
  • Data de nascimento – Preencher com o dia, mês e ano do nascimento.

como tirar passaporte rj

Caso o agendamento seja para apenas uma pessoa (como neste exemplo) então terá apenas que que preencher os campos CPF e data de nascimento.

Ambos dados devem ser os mesmos que você informou no formulário de solicitação do passaporte.

Clique no botão “prosseguir”.

A próxima tela mostrará o resultado da consulta.

Se, por algum motivo, você tiver mais de um protocolo, selecione aquele cuja GRU associada esteja paga.

tirar passaporte brasileira sp

Selecione a solicitação que lhe interesse e clique no botão “prosseguir”.

O sistema de agendamento do passaporte irá indicar as cidades e postos de emissão que estão disponíveis, bem como os dias e as horas que estiverem vagas em cada um deles.

Escolha o posto, dia e hora que fica melhor para você e finalize o agendamento.

Fácil essa parte não é?

Infelizmente não temos as imagens atuais do processo final do agendamento. Mas aceitamos doações. Qualquer coisa, é só entrar em contato com a gente. 🙂

Informação extra sobre o preenchimento do formulário de agendamento do passaporte

  1. Para múltiplos pedidos de agendamento, além da data de nascimento e do CPF, terá que informar também os números do protocolo de solicitação de passaporte.
  2. Caso o pedido seja para emitir um passaporte a um menor ou maior sem CPF, você também terá que indicar o número do protocolo.
  3. Se o menor não for emancipado, o CPF que deverá informar será o mesmo que preencheu no campo “CPF do responsável” no momento da solicitação do passaporte.

Atenção! Não é possível agendar o passaporte por telefone! O único procedimento possível para agendar o passaporte é aquele descrito neste post.

Procedimento detalhado para agendamento familiar do passaporte

Para agendar o passaporte para a família selecione na página do agendamento o número de pessoas que quer marcar.

Abaixo vemos um exemplo para o agendamento de 4 pessoas.

tirar passaporte brasileiro Curitiba

Clique no botão “prosseguir”.

Na tela seguinte verá os campos, CPF, Nº de Protocolo e Data de Nascimento de cada uma das pessoas que serão agendadas.

Neste caso vamos 4 campos já que vamos agendar para 4 pessoas.

passaporte documentos menor crianças

Como já havíamos dito antes, para múltiplos pedidos de agendamento, além da data de nascimento e do CPF, você terá que indicar os números dos protocolos de cada um dos interessados.

Preencha esses dados, clique em “prosseguir” e siga com o processo.

Informação importante quanto ao agendamento familiar.

Ao fazer um agendamento familiar, é essencial que o endereço de todos os requerentes da família correspondam ao mesmo município.

Parece ser que isso é uma falha já conhecida do sistema e que, segundo a PF, será corrigido brevemente.

Enquanto este erro não fique corrigido, cada requerente da família que tenha preenchido o endereço com um município diferente dos demais terá que fazer um agendamento individual.

Já aqueles que indicaram o mesmo município, poderão realizar o agendamento familiar sem problemas.

Como reagendar o passaporte

  1. Entre na página do formulário on-line da Polícia Federal.
  2. Clique no menu “Agendamento de atendimento”.
  3. Clique no sub-menu “Reagendar”.
  4. Preencha os campos com as informações requeridas
  5. Escolha o posto de emissão, dia e hora e finalize o agendamento.

Seguindo o processo indicado acima, você poderá remarcar ou alterar facilmente o agendamento do passaporte.

Quantas vezes posso reagendar o passaporte?

Devido a restrições no sistema da Polícia Federal, você só poderá realizar 2 reagendamentos dentro de um período 30 dias (contados a partir do agendamento original) para um mesmo número de protocolo. Uma vez superados os 30 dias, deverá ainda esperar mais alguns dias para poder realizar o novo reagendamento. Lembre-se que a solicitação de passaporte expira por decurso de prazo uma vez supere os 180 dias de emissão.

Não consigo agendar o passaporte. Problemas para agendar ou reagendar o passaporte

Algumas vezes, ao tentar agendar ou reagendar o atendimento para o passaporte, você poderá se deparar com algumas mensagens de erro. Abaixo, passamos a indicar os problemas mais frequentes ao agendar ou reagendar o passaporte.

Importante! Se não consegue agendar o atendimento e tem a certeza que a GRU foi paga e debitada, aguarde entre 12 e 72 horas para que o pagamento seja compensado e detectado pelo sistema da PF. Uma vez feita a compensação, já poderá fazer com agendamento.

Erro #1: “Nenhum registro encontrado. Verifique os parâmetros informados e tente novamente”

Para tentar localizar e solucionar este erro, tenha em consideração os dois pontos seguintes:

GRU paga, porém, a solicitação de passaporte tem mais de 90 dias.

Se você solicitou o passaporte há mais de 90 dias, o seu protocolo perdeu a validade por decurso de prazo. Neste caso, pra corrigir este erro e poder agendar ou reagendar o atendimento, deverá fazer uma nova solicitação de emissão de passaporte. Assim, um novo número de protocolo e uma nova GRU serão gerados. Não pague a nova GRU que será criada no processo! A GRU paga anteriormente (aquele que foi emitida junto com o protocolo que venceu) continuará sendo válida desde que o valor do passaporte não tenha sofrido reajustes durante o período ou não tenha superado o prazo de 5 anos desde o seu pagamento. Caso valor da taxa tenha sido modificado, deverá se informar diretamente com a Polícia Federal para saber como atuar.

Porém, mesmo realizando o procedimento anterior, você não poderá realizar o agendamento ou reagendamento. Isto ocorre porque o sistema informático do DPF requer que a GRU paga seja aquela que foi gerada em conjunto (e que esteja associada) ao novo protocolo.

Agora vem a parte mais chata. Você terá que acudir pessoalmente a um posto emissor de passaporte com o número do novo protocolo gerado. Não é preciso levar a GRU nem o comprovante de pagamento. Porém o atendimento poderá ser facilitado se estiver em posse dos mesmos.

Ao ser atendido, deverá que expor a situação ao servidor da DPF e solicitar que se associe a GRU antiga (aquela que você já tinha pago) com o novo protocolo. Somente depois de ter realizado este procedimento é que poderá continuar o processo e agendar ou reagendar o atendimento presencial.

Leve em consideração que, o atendimento neste caso, provavelmente não vai ser imediato. Os servidores da Polícia Federal irão atender primeiramente àqueles que já tenham horários agendados.

GRU paga e a solicitação de passaporte ainda está dentro da validade

Se solicitou o passaporte há menos de 90 dias, e não consegue agendar ou reagendar o atendimento devido à mensagem de erro em questão, verifique se os dados que inseriu no formulário de solicitação de passaporte são exatamente os mesmos àqueles que estiver digitando no formulário de agendamento de atendimento. Estes dados são o CPF e/ou o número de protocolo e, principalmente, a data de nascimento.

Caso a data de nascimento indicada no protocolo não seja a mesma, você deverá preencher o formulário de agendamento ou reagendamento com a mesma dada indicada no protocolo (mesmo que esta esteja errônea) para assim conseguir executar esta tarefa. Mas atenção! No dia que comparecer para o atendimento, não se esqueça, de informar esta situação ao atendente. Desta forma, o servidor poderá corrigir esta informação no ato da entregada da documentação.

Se o problema continuar, ou se você não tiver os dados do protocolo para confrontar estas informações, deverá seguir o processo indicado no ponto anterior, ou seja, como se o protocolo tivesse perdido a validade.

Erro #2: “Não é mais possível reagendar esse atendimento. O CPF de requerente informado já atingiu o limite de reagendamentos em 30 dias.”

Este erro surgirá se você estiver tentando reagendar o seu atendimento uma terceira vez durante um período de 30 dias. Este prazo começa sempre a contar a partir do agendamento inicial.

Erro #3: “Não será possível realizar o agendamento. É permitido apenas 1 (um) agendamento para um mesmo CPF do titular.”

Esta mensagem de erro surgirá caso o CPF introduzido já esteja associado a algum agendamento prévio. Para corrigir esta falha, primeiramente deverá conferir os detalhes desse agendamento prévio. Para isso, entre na página “consultar ou cancelar agendamento”, preencha com o CPF e com a data de nascimento do requerente. Selecione “consultar agendamento” e clique em prosseguir.

Com as informações do agendamento na tela, verifique se o nome apresentado está correto. Caso o nome esteja correto, veja se data agendada pode ser utilizada e se ainda cumpre com os interesses do requerente. Se ainda cumpre, poderá se apresentar no posto emissor na data indicada.

Porém, se a data apresentada já tiver passado e/ou não responda aos interesses do solicitante, proceda a reagendar o atendimento.

Já no caso de o nome não estiver correto ou se se detectar que utilizou, por engano, o mesmo CPF para mais de uma pessoa deverá enviar um e-mail para “ouvidoria@dpf.gov.br” colocando no assunto “Passaporte – Cadastro preenchido com erro no CPF” relatando o caso da forma mais detalhada possível.

Se não puder esperar por uma resposta ao e-mail, acuda a um posto emissor de passaporte para que o cadastro seja corrigido. Atenção! Apenas será feita a correção dos dados e não o atendimento para a emissão do documento.

ERRO #4: “Código de segurança incorreto” ou “Código de segurança inválido, digite novamente”

Caso, ao realizar o agendamento visualize esta mensagem de erro, será necessário que preencha o campo “Digite o texto da imagem abaixo” com as letras e/ou números que aparecerão na imagem situada logo abaixo de mesmo. Em seguida, deve-se clicar em “Prosseguir”. Caso não consiga entender ou visualizar bem o conteúdo da imagem gerada, clique em “Atualizar” para que uma nova imagem seja gerada e você possa tentar novamente. Se a incidência não se resolver, a PF recomenda excluir os arquivos temporários do browser que estiver utilizando.

ERRO #5: “Não conseguimos confirmar o pagamento da taxa (GRU) no sistema de arrecadação da PF. O agendamento / reagendamento só é possível após a confirmação do pagamento”.

Esta é outra mensagem de erro bastante comum. Caso ela surja no momento em que estiver fazendo o agendamento ou o re-agendamendo, confira os seguintes pontos:

Verifique se foi feita apenas uma solicitação de emissão de passaporte

Entenda que, sempre que o formulário eletrônico de emissão de passaporte é preenchido e enviado, um número exclusivo de protocolo é gerado para identificar exclusivamente a esta solicitação. Caso você tenha gerado mais de um protocolo para uma mesma pessoa, certifique-se que, ao preencher o formulário de agendamento, esteja usando o número do protocolo associado à GRU que estiver paga. Poderá encontrar o “número da solicitação” na própria GRU. Este está localizado entre o código de barras e o endereço do requerente e é o número que deverá ser usado no ato do agendamento.

Verifique se a GRU foi realmente paga ou se o pagamento ficou agendado

Ao realizar o pagamento, verifique se o mesmo não ficou apenas com a cobrança agendada. Se este for o caso, o pagamento inda não foi efetuado e só será feito na dada que você indicou. Pode verificar o estado desta cobrança no próprio comprovante de pagamento onde deverá estar escrito “agendamento”, caso esta tenha sido realmente a modalidade escolhida.

Outra forma de verificar se a cobrança foi feita é conferir as movimentações da conta bancaria que foi utilizada no ato do pagamento. Se o valor não aparecer debitado, é provável que que este não tenha sido realizado e esteja agendado.

Se detectar que o pagamento efetivamente não tenha sido feito, mas sim agendado, cancele o agendamento para assim poder concretizar o cobro. Com o cancelamento feito, volte a pagar a GRU tendo especial atenção à data escolhida para a cobrança e comprove que o pagamento será realizado no mesmo dia.

Entretanto, caso a GRU tenha perdido a validade, você deverá entrar na página da Polícia Federal para fazer a emissão de uma nova guia usando a opção “Reemitir GRU de solicitação”.

Verifique se pagou o valor correto e exato da GRU.

Se você realizou o pagamento de um valor diferente ao da GRU, então, neste caso, o sistema da PF não o identificará. Confira, assim, o comprovante de pagamento e veja seja o valor pago foi o exato. Sim, inclusive os centavos.

Caso o valor pago não tenha sido o exato, poderá seguir os procedimentos indicados abaixo para corrigir o erro.

Se pagou a GRU com um valor inferior ao correto faça o seguinte:

Vá até um posto emissor de passaporte da Polícia Federal estando em posse do documento de identificação, do boleto da GRU e do comprovante de pagamento. Apresente esta documentação ao atendente. Este irá gerar uma GRU complementar com o valor em falta. Lembre-se que poderá não ser atendido imediatamente, já que a preferência no atendimento se dá àquelas pessoas que tenham um horário agendado.

Se pagou a GRU com um valor superior ao correto faça o seguinte:

Caso tenha pago a mais pela GRU, terá que usar a opção “Reemitir GRU de solicitação” no site da PF para gerar uma nova guia. Feito isto, pague o valor exato deste novo boleto e espere que o pagamento seja compensado. A partir deste momento poderá realizar o agendamento do atendimento.

Ao clicar no seguinte link encontrará o post onde explicamos como solicitar a restituição da GRU de passaporte.

Verifique se o débito foi realmente feito e se o pagamento já foi compensado

Se o débito da GRU já foi feito (poderá verificar esta informação no seu extrato bancário ou na própria agência bancária), lembre-se que os pagamentos realizados através do Banco do Brasil podem demorar até 48 horas em serem compensados. Já, no caso dos pagamentos feitos através de outros bancos, esta compensação poderá demorar até 72 horas. Tenha em conta estes prazos e espere um tempo prudente para tentar voltar a realizar o agendamento de passaporte.

Já no caso de ter pago a GRU em uma entidade que não seja um banco, por exemplo, uma casa lotérica, averigue se no momento do pagamento, o código de barras da guia foi inserido corretamente pelo funcionário. Caso veja que o número digitado esteja incorreto, deverá exigir da entidade que efetuou este pagamento a devolução do valor que foi pago e assim efetuar o correto pagamento da GRU.

Cancelar ou consultar agendamento de passaporte

  1. Entre na página do formulário on-line da Polícia Federal.
  2. Clique no menu “Agendamento de atendimento”.
  3. Clique no sub-menu “consultar ou cancelar agendamento”.
  4. Preencha os campos com as informações requeridas.
  5. Escolha a ação desejada (consultar ou cancelar).
  6. Clique em prosseguir.

Conclusão

Fazer o agendamento, o reagendamentocancelamento ou consulta do atendimento são alguns dos procedimentos mais simples quando se trata do processo de emissão de passaporte. Porém, apesar de simples, poderá demorar já que o tempo para agendamento de passaporte irá depender da disponibilidade de dias e horas que estiverem livres (ou seja, sem requerentes marcados) no sistema da Polícia Federal.

Esperamos que, seguindo este post, você consiga realizar estas tarefas com facilidade e rapidez.

Caso surja alguma dúvida deixe-nos um comentário e, assim que possível, responderemos a sua questão.

Se gostou deste conteúdo, compartilhe essa informação com os seus amigos nas redes sociais.

Compartilhe e ajude a um turista :)